Outras formas de visualizar o blog:

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

O pórtico colorido de Santa Maria de Laguardia, Espanha

Na igreja de Santa Maria de los Reyes de Laguardia, na província de Álava, se conserva um dos melhores templos góticos da Espanha.

O templo é especialmente visitado e considerado em virtude de sua fachada.

Nos primórdios, a igreja provavelmente pertenceu a um mosteiro templário.

Ela possui um excecional pórtico gótico concluído no século XIV, mas a policromia das imagens é do século XVII.

Veja vídeo
Todo o pórtico é feito em pedra como é tão frequente no estilo gótico.

O portal, ou arranjo arquitetônico que decora a porta de entrada, está composto por um arco gótico central muito afiado.


Em torno dele, mais cinco arquivoltas, ou arcos góticos harmonizados com o arco principal, todas eles ricamente decoradas.

Na Idade Média, em geral as imagens e ornamentos das catedrais e igrejas góticas eram pintadas com riqueza de cores, e até recebiam um banho de ouro.

Também os muros eram pintados com cenas religiosas. E isto se dava nas igrejas mais “pobres”.

Nas mais “ricas” ou que dispunham de materiais coloridos ou artistas especializados – algo muito frequente na Itália, por exemplo – utilizavam-se mármores valiosos e mosaicos requintados.

É o caso por exemplo da catedral de Orvieto, ou até da antiga basílica de São Pedro, no Vaticano.

Essa foi demolida para dar lugar à atual que retomou com novos estilos e muito maior riqueza o antigo costume de decorar a igreja com mármores e metais valiosos além de mosaicos em lugar de quadros pintados.

Hoje tenta-se reproduzir o colorido dessas catedrais góticas policromadas recorrendo a raios laser. Porém ficam muitas poucas igrejas com as pinturas originais, com ou sem restauração.

Em Laguardia há um dos poucos pórticos góticos policromados que se conservam na Espanha. Na igreja colegiada de Toro, Zamora, existe mais um, mais antigo, porém, menos requintado.

No pé das arquivoltas encontramos as imagem dos apóstolos, excetuado Judas que é substituído por São Paulo.

Cada Apóstolo porta atributos e inscrições que esclarecem sua identidade.

São Pedro aparece com as chaves de ouro e prata, símbolos do poder do Papa sobre a ordem eclesiástica (ouro porque é universal e direta, e prata porque é indireta e com certos conformes).

São Paulo com a espada símbolo de sua luta; Santo André com o cruzeiro em X em que foi crucificado; São Mateus com o Evangelho que compôs inspirado pelo Espírito Santo; São Tiago o maior com o cajado e chapéu de romeiro de Compostela; São Joao Evangelista com a águia símbolo do voo de amor admirável que caracterizava o discípulo amado; São Filipe com os peixes e paes que apresentou a Nosso Senhor para a multiplicação milagrosa, etc.

Sobressaem também as estátuas de santos, anjos, profetas e reis.

O tímpano está dividido em três franjas com cenas da vida de Nossa Senhora:

A Anunciação,

a Visitação,

a Adoração dos Reis Magos,

a Dormição da Virgem,

a Assunção ao Céu em corpo e alma, etc.

Por fim, na parte superior: a Coroação como Rainha do Céu e da Terra.

A decoração vegetal é habitual neste tipo de portadas.

Na coluna central: a Virgem dos Reis.

Ela é nossa rainha e a nossa Mãe,

A Ela devemos toda forma de devoção, serviço e fidelidade enlevada.



Video: Santa Maria dos Reis: o portal do deslumbramento




GLÓRIA CRUZADAS CASTELOS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCASTELOS MEDIEVAIS*ORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.