Outras formas de visualizar o blog:

terça-feira, 26 de março de 2019

Gótico: estilo bom para restaurar a sociedade e a religião em crise, ensinou famoso arquiteto inglês – 2

Sala dos Lords, trono da rainha, Pugin
Sala dos Lords, trono da rainha, Pugin
Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Continuação do post anterior: Gótico: estilo bom para restaurar a sociedade e a religião em crise, ensinou famoso arquiteto inglês – 1





Pugin levou seu combate para o coração das cidades industriais de Birmingham e Sheffield, as quais achava “minas inesgotáveis de mau gosto”, infestadas de “edifícios gregos, chaminés fumegantes, agitadores radicais e dissidentes”.

A igreja de São Chad, que Pugin construiu em Birmingham no meio da sujeira do bairro dos fabricantes de armas, tornou-se a primeira catedral inglesa construída após a de Saint Paul.

Politicamente, Pugin poderia ser definido como um radical conservador.

Ele queria reformar a sociedade levando-a de volta a uma hierarquia benigna, a um medievalismo romântico.

Nessa nova ordem medieval cada classe poderia olhar para aquela que lhe era superior e dela receber apoio, enquanto os de cima aceitavam a responsabilidade de proteger os que estavam embaixo.

Em 1841, ele publicou a segunda edição do Contrastes, acrescentando todo um panorama moral.

A cidade medieval, com seus capiteis graciosos e suas sólidas muralhas, era confrontada com o seu equivalente moderno de muros em cacos, capiteis em ruínas e o horizonte dominado por olarias e fábricas.


A igreja de St Giles em Cheadle é um exemplo da arquitetura de Pugin
A igreja de St Giles em Cheadle é um exemplo da arquitetura de Pugin
Seus imitadores – todos eles mais vulgares e despreocupados – lhe roubaram grande parte da clientela.

Seu trabalho no Parlamento de Westminster havia se tornado uma rotina monótona e mal paga.

Por uma triste ironia, seu último projeto, feito em janeiro de 1852, estava destinado a ser o mais famoso: a torre do relógio do Palácio de Westminster, o célebre Big Ben.

Ele morreu em setembro de 1852, aos 40 anos de idade.







(Fonte: Rosemary Hill, autora de Arquiteto de Deus: Pugin e construção da Grã-Bretanha romântica (Penguin Ed.). Clarin Arquitectura, Buenos Aires, 2012/05/03)




GLÓRIA CRUZADAS CASTELOS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS
Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCASTELOS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

2 comentários:

  1. Olá Bom dia, sou estudante de arquitetura, e tenho como referência às construções góticas, 2 arquitetos que me interessa é o Pugin e o Viole le Duque ambos do estilo Neo gótico gostaria de ter acesso a mais fontes da arquitetura gótica do período medieval, e não apenas do Neo gótico, poderiam me ajudar com isso? Desse já grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado,
      Documentos dos tempos medievais relativos à arquitetura são escassíssimos. Não se escrevia e o saber profissional era transmitido verbalmente do mestre ao discípulo.
      A exceção mais famosa são os cadernos de Villard d'Honnecourt, coleção de desenhos sem grandes explicações. V. encontra procurando no Google image. Ou na minha página sobre
      Invenções, progresso, ciência e técnicas medievais https://gloriadaidademedia.blogspot.com/p/blog-page_11.html.
      Os grandes escritos, tratados e trabalhos sobre a arquitetura e engenharia medieval são do século XIX.
      E as máximas autoridades na matéria são as que você menciona, notadamente a obra magna de Viollet-le-Duc o "Dictionnaire Raisonné de L Architecture Française" que teve reedição relativamente recente. E depois a multitude de livros e opúsculos que estão sendo publicados com os de desenhos, projetos, etc., de Pugin.
      Isto só para citar os máximos.
      Atenciosamente

      Excluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.